SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Informações estratégicas para sua empresa crescer.

Leite e derivados

Imagem de título do setor Leite e derivados
19 de junho de 2017

Olhos no campo

Crescimento do setor é apoiado pelo investimento em inovação

campo

Apesar do cenário econômico interno instável, o agronegócio ainda é um dos principais responsáveis pelo crescimento do PIB no país. A projeção é de que o setor tenha um crescimento de 2% neste ano, chegando a 3% na participação do PIB.

O avanço do setor afetou positivamente a economia como um todo, sendo um dos principais responsáveis pelo impulsionamento do Produto Interno Bruto. O avanço de 1% do PIB no primeiro trimestre deste ano interrompeu uma sequência de oito trimestres com números difíceis para a economia e consolidou o agronegócio como um modelo que continua aquecendo significativamente a economia do país.

Um dos motivos para esse crescimento tão expressivo do agronegócio é o incentivo à inovação e a implementação de tecnologia. Santa Catarina está entre os maiores produtores e exportadores brasileiros de frangos e suínos. Próximo a 11% das vendas internacionais de frango saem do Estado e a maior processadora e exportadora mundial de carne de frango é Catarinense. A produção de carne suína, por exemplo, supera os 26% e lidera o mercado nacional - que ocupa o 4º lugar mundial com uma produção de 3,73 milhões de toneladas.

A Torfresma, empresa de São Miguel do Oeste que fabrica equipamentos para a agroindústria, sendo considerada a maior do segmento na região do Oeste Catarinense, trabalhando nos setores de aves, pecuária bovina, suínos, pescado e ovinos, recebeu incentivos através do BRDE Inova para desenvolver um sistema único de paletização.

O projeto

As agroindústrias que oferecem um grande mix de produtos ao mercado tinham uma dificuldade logística no momento da paletização dos diferentes produtos. A Torfresma, apoiada pelo Programa BRDE Inova, desenvolveu um projeto que cria um sistema automático de paletização por camadas, para facilitar a separação de produtos, o encaixotamento e em seguida a paletização correta. O projeto de inovação apoiado, que recebeu financiamento de quase 68% do valor total, consiste em uma esteira de entrada dos produtos, um classificador vertical, um sistema de acúmulo vertical com níveis, um classificador de saída, uma esteira de saída e um sistema automático de paletização.

O Estado vêm se posicionando como um dos mais influentes quando o assunto é o agronegócio. A mudança da imagem - e das ações - do setor no Estado tem se mostrado profunda, indo além da manutenção de milhares de famílias no campo. Com o incentivo certo, a agroindústria fica cada vez mais inovadora, gerando empregos qualificados e investindo para ser uma das mais competitivas do mundo.

Quer entender mais sobre as linhas de financiamento especiais para a agroindústria? Conheça o BRDE Inova.

Fonte:
Diário Catarinense
Autor:
Da Redação
Publicado em:
19 de junho de 2017

Você também vai gostar de ler