SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Informações estratégicas para sua empresa crescer.

Casa e construção

Imagem de título do setor Casa e construção
23 de novembro de 2018

Mobiliário geek como aposta no setor moveleiro

Público específico movimenta mercado bilionário e incentiva o surgimento de eventos e produtos segmentados para atendê-los

mobilia geek

Há muito tempo, em uma galáxia muito distante, ser “nerd” era motivo de vergonha. Hoje, geek, nerd, gamer ou, simplesmente, fã de cultura pop, são as nomenclaturas de um grupo de pessoas que têm algo em comum, a paixão pelo universo dos super-heróis em filmes, séries, quadrinhos, videogames e livros. E este sentimento é muito respeitado, diga-se, muito porque impulsiona uma indústria de produtos personalizados que visam atender os gostos cada vez mais particulares dos consumidores, o chamado mobiliário geek.

Um exemplo de quem vislumbra esse mercado é o e-commerce Westwing, que comercializa artigos para casa e aposta em móveis e peças de decoração inspirados no universo geek. “Observamos uma boa aceitação de produtos destinados aos aficionados por games, por filmes vintage, cult e pop, principalmente pela estética mid-century traduzidas em peças de mobiliário e acessórios de decoração”, explica a diretora criativa do Westwing Brasil, Alexandra Tobler.

Segmentar o mix de produtos para atender o público geek se mostrou uma boa estratégia em vários ramos. Em 2015, a varejista de roupas e acessórios Riachuelo, aproveitou a estreia do novo filme da série Star Wars e lançou uma coleção de itens licenciados. Em uma semana foram vendidas mais de 70 mil peças, volume esperado para todo o mês.

Outro exemplo é a Livraria Cultura que inaugurou em 2012 uma loja online só para atender o público geek batizada de geek.etc.br. Nela são comercializadas réplicas de personagens, cartas, jogos de tabuleiro e artigos de decoração. O projeto nasceu no Conjunto Nacional, em São Paulo (SP), e devido à forte demanda ganhou mais uma filial na capital paulista e uma em Recife (PE), além de espaços dentro de várias unidades da rede.

Visão de mercado para o mobiliário geek

Os cases citados exemplificam um nicho de atuação que está movimentando o mercado. Para os marceneiros que têm interesse em inovar e variar a produção sob medida, essa pode ser uma possibilidade. Inclusive pela razão de que o mercado de entretenimento deve continuar em alta nos próximos anos.

Pelo menos é o que mostra o levantamento Global Entertainment and Media Outlook 2016-2020, realizado pela consultoria PwC. Segundo a pesquisa, o setor de entretenimento e mídia crescerá no Brasil mais do que a média mundial, com uma taxa de 6,4% ao ano em 2020 e deve atingir um faturamento de R$ 169 bilhões.

Confira a notícia completa no site eMóbile.

Imagem: Da assessoria

Fonte:
eMóbile
Autor:
Ricardo Heidegger
Publicado em:
23 de novembro de 2018

Você também vai gostar de ler