SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Informações estratégicas para sua empresa crescer.

Sustentabilidade

Imagem de título do setor Sustentabilidade
5 de outubro de 2018

Fim do plástico: moda ecológica torna-se realidade nas passarelas

Todos, desde jovens designers de vanguarda até grandes marcas, estão correndo para entrar nessa onda, com tênis com solados feitos de garrafas plásticas recicladas que já estão vendendo milhões de unidades.

moda eco

Esse dia pode ter demorado para chegar, mas a moda ecológica não é mais um sonho hippie. Jaquetas de motociclista feitas de folhas de abacaxi e couro curtido com extrato de azeitona, em vez de com substâncias químicas altamente poluentes, estão agora ao alcance, dizem os especialistas.

Todos, desde jovens designers de vanguarda até grandes marcas, estão correndo para entrar nessa onda, com tênis com solados feitos de garrafas plásticas recicladas que já estão vendendo milhões de unidades.

Somente no ano passado, a Adidas vendeu um milhão de seus tênis Parley - feitos de plástico pescado no oceano - e a gigante esportiva alemã está aumentando a produção de uma variedade de produtos igualmente reciclados.

Na quarta-feira, Yolanda Zobel, a nova designer da marca futurista francesa Courreges, fez o "impensável" e declarou que estava eliminando o vinil que tem sido o símbolo da empresa desde os anos 1960.

Depois de uma coleção cápsula final chamada "Fin de Plastique" (O Fim do Plástico) que reduzirá seus estoques de vinil, a alemã tentará originar versões sustentáveis ou recicladas do material brilhante.

"Um mundo melhor não virá se não tomarmos medidas hoje", disse Zobel.

As atitudes em relação à moda ecológica "mudaram totalmente nos últimos anos", disse Marina Coutelan, que ajuda a administrar a Premiere Vision, uma feira semestral extremamente influente em Paris, onde as pessoas que agitam a indústria da moda se reúnem em busca de novos materiais e ideias.

Clique aqui e confira a notícia completa.

Fonte:
Diário Catarinense
Autor:
AFP
Publicado em:
5 de outubro de 2018

Você também vai gostar de ler