SEBRAE Inteligência Setorial

SEBRAE

Informações estratégicas para sua empresa crescer.

Casa e construção

Imagem de título do setor Casa e construção
11 de julho de 2018

8ª edição da ForMóbile acontece em cenário positivo, aponta IEMI

As vendas em receita no varejo apresentaram crescimento de 2,8% em 2017 sobre 2016, chegando a R$ 67,1 bilhões.

formobile

A 8ª edição da Feira Internacional da Indústria de Móveis e Madeira (ForMóbile) será realizada até 13 de julho, no São Paulo Expo, em São Paulo (SP). A ForMóbile 2018 apresenta uma rede de conteúdo direcionado e exclusivo. Criados para agregar conhecimento, os espaços oferecerão diversas atividades, incluindo palestras, workshops, vivências, demonstrações e debates. Nesta edição, o evento contará com uma palestra do economista Marcelo Prado, diretor do IEMI Inteligência de Mercado, dia 12, às 11h00, sobre “Cenários Econômicos para os próximos anos e seus impactos na indústria moveleira”, no espaço Indústria do Futuro.

Segundo dados recentes do IEMI da edição 2018 do estudo sobre o Mercado Potencial de Móveis em Geral, as vendas de móveis no varejo em 2017 voltaram a apresentar quedas em volumes, de 0,2% sobre ano de 2016, porém, queda menos acentuada em relação aos três anos anteriores (2014, 2015 e 2016), quando apresentaram redução média de 8,2% no período. Para 2018, as estimativas são de crescimento de 4,2% sobre 2017.

Já as vendas em receita no varejo apresentaram crescimento de 2,8% em 2017 sobre 2016, chegando a R$ 67,1 bilhões. Crescimento atribuído ao aumento no preço médio nas peças de móveis, cerca de R$ 194,00 em 2017 (2,9% sobre 2016). Para 2018, as estimativas apontam crescimento de 10,7% sobre 2017 no varejo de móveis em valores.

A produção física de móveis em 2017 voltou a crescer após as quedas consecutivas nos três anos anteriores (2014, 2015 e 2016), quando caíram 16,3% no período. O crescimento, embora tímido, de 0,3% em 2017 sobre 2016, é um importante resultado para a indústria, indicando uma estabilização e início de retomada no mercado nacional moveleiro.

Outro importante resultado foi a retomada das importações de móveis que, mesmo representando apenas 2,6% no consumo interno de móveis (consumo aparente), apresentou alta de 46,1% no ano passado com o desembarque de cerca de 10,5 milhões de peças, apresentando recuperação, após a retração de 41,5% registrada nos três anos anteriores. Esse resultado contribuiu para o aumento de 1,5% no consumo aparente de móveis em 2017 frente ao ano anterior, após o índice desabar 17,5% entre 2014 e 2016. No total, 396,1 milhões de peças foram disponibilizadas ao varejo e outros canais de vendas (corporativos, licitações, atacadistas, etc).

Confira mais índices sobre a produção de móveis e a íntegra da notícia no site E-Commerce News.

Para mais informações sobre o evento ForMóbile, acesse a página de eventos do SIS Sebrae SC.

Imagem: Da assessoria

Fonte:
E-Commerce News
Autor:
Da redação
Publicado em:
10 de julho de 2018

Você também vai gostar de ler